sábado, setembro 30, 2006

ASAE

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica - ASAE - tem actuado em vários sectores do comércio, Restaurantes, Mercearias,Talhos, Peixarias, Padarias, etc etc etc ...
Recentemente resolveu, e acho que bem, também actuar sobre barcos. Ora, se eles insistem muito nisto dos barcos pode haver uma coisa gira. Mas antes pergunto-vos : qual é a probabilidade de encontrarmos nas águas de Portugal um barco que não transporte pelo menos, um kilo de cocaina ? Muito baixinha ... muito baixinha. Sendo assim, e La Palice não diria melhor, a probabilidade de se encontrar um barco que transporte droga é muito elevada.
Onde é que eu quero chegar - perguntam-me voçes.
Então é assim, se a ASAE entrar num barco desses e encontrar droga, o que se vai passar ? Será que a ASAE também vai fazer testes á droga ? E se fizer, o que será que vai acontecer ao dono do barco caso a droga não passar nos testes? Será multado ? Ou será preso por posse de estupfacientes ?


Insptector da ASAE: Ora então, temos aqui 300 kg de heroina. Humm.
Dono da embarcação: Não, não, eu posso explicar...
ASAE: Podes explicar podes, vais é ser multado que isto é pó de giz.
Dono: Não, isso é mesmo heroina, a sério, eu vou traficar, não me multe.
ASAE: Vais traficar vais ... sabes muito !
Dono: Juro por deus que eu sou um traficante sul americano, eu ia ali á buraca vender uns pacotes.
ASAE: Isso é o que dizem todos... vá, esta droga é de pessima qualidade, vamos ter que multa-lo


Será, no futuro, mais prestigiante para um Dealer ser preso do que ser multado pela ASAE.

APC

3 comentários:

Anónimo disse...

moral da historia?

traficantes vejam bem onde arranjam o material d modo a, em vez d serem multados pela ASAE pela falta de qualidade do material, serem presos.

e que ate para engatar gajas: "fui preso por trafico d droga" e mto mais interessante do que "fui multado pela ASAE pela falta d qualidade do material"

nunca se esqueçam malta

Master Inutile disse...

A ASAE anda por ai... Tenham medo! Tenham muito medo! lololol

Marta disse...

Ora quantos pacotes temos, Sr Guarda Arnaldo?
São 499, Sr Guarda Januário.
Não, não. São 498, ó Sr Guarda Arnaldo.
Ah... pois é, tem razão, Sr Guarda Januário!